Clima para Amanhã em Tocantins

Confira as condições climáticas para amanhã em todo o estado do Tocantins

Estado do Tocantins
  • Cidades do Tocantins

❍ Abreulândia
❍ Aguiarnópolis
❍ Aliança do Tocantins
❍ Almas
❍ Alvorada
❍ Ananás
❍ Angico
❍ Aparecida do Rio Negro
❍ Aragominas
❍ Araguacema
❍ Araguaçu
❍ Araguaína
❍ Araguanã
❍ Araguatins
❍ Arapoema
❍ Arraias
❍ Augustinópolis
❍ Aurora do Tocantins
❍ Axixá do Tocantins
❍ Babaçulândia
❍ Bandeirantes do Tocantins
❍ Barra do Ouro
❍ Barrolândia
❍ Bernardo Sayão
❍ Bom Jesus do Tocantins
❍ Brasilândia do Tocantins
❍ Brejinho de Nazaré
❍ Buriti do Tocantins
❍ Cachoeirinha
❍ Campos Lindos
❍ Cariri do Tocantins
❍ Carmolândia
❍ Carrasco Bonito
❍ Caseara
❍ Centenário
❍ Chapada da Natividade
❍ Chapada de Areia
❍ Colinas do Tocantins
❍ Colméia
❍ Combinado
❍ Conceição do Tocantins
❍ Couto Magalhães
❍ Cristalândia
❍ Crixás do Tocantins
❍ Darcinópolis
❍ Dianópolis
❍ Divinópolis do Tocantins
❍ Dois Irmãos do Tocantins
❍ Dueré
❍ Esperantina
❍ Fátima
❍ Figueirópolis
❍ Filadélfia
❍ Formoso do Araguaia
❍ Fortaleza do Tabocão
❍ Goianorte
❍ Goiatins
❍ Guaraí
❍ Gurupi
❍ Ipueiras
❍ Itacajá
❍ Itaguatins
❍ Itapiratins
❍ Itaporã do Tocantins
❍ Jaú do Tocantins
❍ Juarina
❍ Lagoa da Confusão
❍ Lagoa do Tocantins
❍ Lajeado
❍ Lavandeira
❍ Lizarda
❍ Luzinópolis
❍ Marianópolis do Tocantins
❍ Mateiros
❍ Maurilândia do Tocantins
❍ Miracema do Tocantins
❍ Miranorte
❍ Monte do Carmo
❍ Monte Santo do Tocantins
❍ Muricilândia
❍ Natividade
❍ Nazaré
❍ Nova Olinda
❍ Nova Rosalândia
❍ Novo Acordo
❍ Novo Alegre
❍ Novo Jardim
❍ Oliveira de Fátima
❍ Palmas
❍ Palmeirante
❍ Palmeiras do Tocantins
❍ Palmeirópolis
❍ Paraíso do Tocantins
❍ Paranã
❍ Pau DArco
❍ Pedro Afonso
❍ Peixe
❍ Pequizeiro
❍ Pindorama do Tocantins
❍ Piraquê
❍ Pium
❍ Ponte Alta do Bom Jesus
❍ Ponte Alta do Tocantins
❍ Porto Alegre do Tocantins
❍ Porto Nacional
❍ Praia Norte
❍ Presidente Kennedy
❍ Pugmil
❍ Recursolândia
❍ Riachinho
❍ Rio da Conceição
❍ Rio dos Bois
❍ Rio Sono
❍ Sampaio
❍ Sandolândia
❍ Santa Fé do Araguaia
❍ Santa Maria do Tocantins
❍ Santa Rita do Tocantins
❍ Santa Rosa do Tocantins
❍ Santa Tereza do Tocantins
❍ Santa Terezinha do Tocantins
❍ São Bento do Tocantins
❍ São Félix do Tocantins
❍ São Miguel do Tocantins
❍ São Salvador do Tocantins
❍ São Sebastião do Tocantins
❍ São Valério
❍ Silvanópolis
❍ Sítio Novo do Tocantins
❍ Sucupira
❍ Taguatinga
❍ Taipas do Tocantins
❍ Talismã
❍ Tocantínia
❍ Tocantinópolis
❍ Tupirama
❍ Tupiratins
❍ Wanderlândia
❍ Xambioá

Como Tudo Começou

A História do Tocantins começou muito antes da sua criação propriamente dita. Ela inicia com o processo de colonização do Brasil, no séc. XVII. Com o intuito de penetrar e explorar o território brasileiro, visto suas inúmeras riquezas minerais e vegetais, a Coroa Portuguesa promove e incentiva a ação exploratória de áreas do território nacional.

Em Goiás, o desbravamento inicial deveu-se basicamente por duas correntes humanas: ao sul, os bandeirantes foram os principais responsáveis pelo processo de interiorização, destacando-se a figura de Bartolomeu Bueno, o Anhanguera; ao norte, missionários chefiados pelo Frei Cristóvão de Lisboa, percorrendo a área do Rio Tocantins, fundaram uma missão religiosa, em 1625.

A partir de 1725, com a descoberta da existência de ouro no território do atual Tocantins, aumentou a presença de exploradores nesta região. Na década de 30, nos municípios de São Luiz, Natividade, Cavalcante, Pilar, Portal e Porto Nacional foram localizados ricos veios.

As dificuldades de acesso e penetração ao norte levaram, entretanto, a uma enorme concentração ao sul. O rarefeito povoamento daquela região foi avançando com o crescimento das atividades econômicas regionais.

O marco separatista, cujas primeiras manifestações se fizeram sentir pelas reações às cobranças de pesados tributos na mineração, aconteceu efetivamente em 18 de março de 1809, quando por Alvará da Coroa, o norte foi desmembrado da Ouvidoria sediada em Vila Boa, constituindo-se na Comarca de São João das Duas Barras.

O isolamento levou o norte a desligar-se gradativamente do sul, firmando vínculos comerciais com o Maranhão e o Pará. Pouco antes da Independêcia do Brasil, a insatisfação quanto aos pesados tributos culmina com a iniciativa do Ouvidor Geral da Comarca, desembargador Joaquim Teotônio Segurado, que em 15 de setembro de 1821, rebela-se contra Coroa Portuguesa, proclamando um governo autônomo.

A partir daí, inicia um processo de separação gradual, que acabou por promover o surgimento do atual Estado Tocantins.

Tocantins Faz Opção Pelo Turismo Ecológico

Ao lado da adoção de medidas que fomentarão a melhor qualificação de ofertas de bens e serviços especializados está a quantidade de infra-estrutura que estimularão o incremento da demanda turística. Até 2006, o Governo do Estado vai investir R$ 7 bilhões em obras de infra-estrutura, essenciais para desenvolver o turismo. As estradas pavimentadas, que em 99 somaram 4.805 km, devem chegar a 8.104 km em 2002 e 12.500 km de asfalto em 2020. O sistema de saneamento com água tratada subirá de 90% em 99 para 95% logo em 2002. A taxa de analfabetismo deverá cair para 3% em 2020. A criação dos parques ecológicos, como o Parque Estadual do Cantão, e a formatação de roteiros par o Programa Viaja Brasil (lançado pela ABAV e a Embratur) são algumas das ações que vão fortalecer a organização do turismo no Tocantins.

Para elevar o nível de consciência social sobre a importância do turismo e as questões ambientais que têm levado o homem a buscar e preservar os lugares “sagrados”, o governo vem incentivando a inclusão dos municípios no PNMT – Programa Nacional de Municipalização do Turismo. É hoje o Estado das Regiões Norte e Centro-Oeste que possui maior número de municípios engajados no Programa. São 44, devendo passar de 60 municípios participantes ainda em 2000. duas cidades, Araguacema e Lajeado, já estão no processo mais adiantado da metodologia, tendo defeito às oficinas de 3ª Fase, Passo III. O calendário de oficinas vem registrando grande procura na Secretaria de Turismo.

A abundância das águas forma pequenas ilhas e centenas de lagos em ambiente de vegetação rica que atrai grande quantidade de aves e peixes.

A presença de grandes cardumes ao longo do Rio Araguaia, no período de junho a setembro, oferece as condições ideais para a pesca esportiva também nos rios Coco e Javaé e nos diversos lagos do Parque e de seu entorno.

Já em andamento, os estudos do plano de manejo para o Parque levam em conta a implantação de um módulo ecoturístico, com centro de visitantes, Aeroporto, museu interpretativo, conjunto de meios de hospedagem, restaurantes, lojas, quiosques, trilhas, cais para embarcações. Após a conclusão do plano de manejo, a iniciativa privada poderá construir os equipamentos, hotéis, trilhas, áreas de camping etc.

Pólo Ecoturístico do Jalapão: Poucas paisagens nacionais se mantêm praticamente imune ao avanço da civilização quanto o Jalapão, o rico deserto de águas do Tocantins. Para resguardar a riqueza da fauna e da flora de uma área de 34 mil quilômetros quadrados, maior que o Estado de Sergipe, o governador do Estado, Siqueira Campos, já muniu a Região de legislação suficiente para evitar a ameaça humana.

Para que o turismo de aventura pelas altas dunas de areias, pelas cachoeiras e corredeiras do rio Novo seja praticado, o governo está desenvolvendo um plano de desenvolvimento sustentável, orientando as comunidades através do PNMT e da divulgação de normas de preservação ambiental.

O Pólo Turístico de Palmas, constituído pelos municípios de Palmas, Porto Nacional, Lajeado, Miracema do Tocantins, Tocantínia e Paraíso do Tocantins, vêm despertando o interesse de investidores.

A capital, que já detém o conceito de cidade com melhor Plano Diretor da região Norte e quantidade de área verde superior à recomendada pelo Ministério do Meio Ambiente, receberá o maior complexo de ecoturismo da região Central do País.

Será banhada em 18 km da área Oeste urbana pelo lago a ser formado pela UHE Luís Eduardo Magalhães. Visando a melhoria da qualidade de vida dos moradores e a crescente procura por atividades ecoturísticas, o Governo do Estado implantará o Projeto Orla, desenvolvido pelo arquiteto Ruy Othake. O projeto, além de incentivar a educação ambiental e o turismo interno no Estado, abrirá excelentes oportunidades para o investidor.